Compliance fiscal: entenda os benefícios de implementar na sua empresa!

Você já ouviu falar sobre compliance fiscal? Muitos empreendedores já estão utilizando e aproveitando os benefícios dessa prática nas suas empresas. As ferramentas são excelentes tanto para auxiliar negócios que estão começando quanto para profissionais liberais de várias áreas inseridos há mais tempo no mercado.

Não perca a oportunidade de saber tudo sobre esse assunto que poderá revolucionar o modo de condução de diversas atividades do seu escritório, ajudando a encontrar soluções para sanar dificuldades do setor financeiro! Mantenha todas as suas responsabilidades fiscais quitadas dentro do prazo legal e evite diversos problemas.

Se você está disposto a empreender usando as facilidades advindas do mundo moderno, continue a leitura deste post!

O que é compliance fiscal

Compliance é uma palavra inglesa cuja tradução é conformidade. Ela pode estar relacionada a diversas atitudes que objetivam o cumprimento das leis e das políticas organizacionais. Portanto, compliance fiscal é um conjunto de práticas que detecta preventivamente inconformidades com o Fisco e evita que ocorram desvios no sistema de gestão de tributos.

Trata-se de um procedimento de conformidade tributária, que elimina a aplicação de penalidades e multas contra as empresas, tornando-as saudáveis. Pode ainda ser vista como um conjunto de diretrizes ou políticas internas gerenciadas por um especialista da área, que assumirá a responsabilidade de monitorar as questões fiscais.

Quer saber mais a esse respeito? Prossiga e descubra quais são as vantagens proporcionadas pela compliance fiscal!

A importância da compliance fiscal

No Brasil, existem muitas normas tributárias que sofrem constantes alterações por meio de emendas, medidas provisórias, leis complementares, entre outras. Isso faz com que o cumprimento de todas as obrigações pecuniárias e acessórias torne-se um verdadeiro desafio para empreendedores de ramos variados.

Todavia, é indispensável que as informações enviadas às autoridades fiscais estejam de acordo com as legislações municipais, estaduais e federais. Caso contrário, o Fisco pode aplicar penalidades, sendo que uma das mais impactantes é a cobrança de multas, algo que prejudica a saúde financeira de qualquer negócio. Ou seja, a compliance fiscal é essencial para que as obrigações tributárias sejam cumpridas no prazo.

Os principais benefícios da compliance fiscal

Como mencionamos, a compliance fiscal é importante para manter a regularidade e cumprir todas as exigências fiscais corretamente. É um método eficiente que promove muitos benefícios, diretos e indiretos, que vão além da redução dos riscos de sanções e da padronização dos processos internos de uma instituição. Observe:

  • monitoramento das obrigações tributárias;
  • cumprimento dos prazos;
  • redução de custos administrativos;
  • armazenamento inteligente de documentos;
  • organização de arquivos;
  • preenchimento de notas fiscais;
  • geração de guias referentes a tributos;
  • controle das Certidões Negativas de Débitos (CNDs);
  • segurança das informações;
  • prevenção contra fraudes;
  • auxílio nas auditorias para verificação de erros;
  • acesso facilitado a todas as informações fiscais.

Os métodos auxiliam o profissional interessado a construir uma imagem diferenciada no mercado, pois integram as informações e automatizam os processos, fazendo uso da tecnologia como aliada. Desse modo, a eficiência e a qualidade dos serviços são garantidas e os riscos de não conformidade são erradicados.

Alguns riscos da não implementação nas empresas

Vale destacar que a não implementação da compliance fiscal nas empresas pode gerar problemas desnecessários. Além dos gastos com pagamento de multas, o empreendimento pode ser impedido de participar de oportunidades de negócios, por exemplo, as licitações públicas. Veja alguns riscos para aqueles que não cumprem com as obrigações fiscais:

  • multas, juros e outras sanções;
  • prejuízo ao planejamento financeiro;
  • lentidão nos processos internos;
  • retrabalho devido a erros nos procedimentos;
  • discussões entre funcionários;
  • dúvidas acerca das legislações;
  • desconhecimento de novas leis publicadas;
  • dificuldades com os sistemas de pagamentos e declarações;
  • incertezas sobre o funcionamento dos tributos;
  • imagem empresarial distorcida no mercado;
  • problemas de relacionamento com clientes, fornecedores e parceiros.

Como você pode ver, não vale a pena correr o risco de descumprir o calendário de obrigações fiscais do nosso país. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), ocorrem aproximadamente 50 alterações diárias nas normas referentes aos tributos. Os prazos devem ser cumpridos e os dados fornecidos de maneira precisa para evitar entraves.

Por fim, a compliance fiscal vai fortalecer e valorizar a sua marca, aumentar a confiabilidade e propiciar o estabelecimento de parcerias importantes. Muitos empresários farão contato por entender que você é um profissional sério, que não enfrenta problemas jurídicos por estar totalmente livre de fraudes que ocorrem, muitas vezes, devido a erros de colaboradores.

Agora que você já tem conhecimento sobre a compliance fiscal e sabe que os procedimentos podem aumentar as chances de êxito do seu negócio, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais assuntos importantes sobre contabilidade e finanças!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *