Skip to content

Simples Nacional 2018 – O que Mudou? (Parte IV)

Simples Nacional 2018 – O que Mudou? (Parte IV)

Quais são as mudanças no Simples Nacional em 2018?

Para encerrar nossa série de artigos sobre as mudanças no Simples Nacional trazemos a Parte IV de nosso artigo. Nela abordaremos a regularização do investidor anjo. Também as mudanças nas áreas de exportações, licitações, bancos públicos e INSS junto ao FGTS.

As grandes mudanças para o Investidor Anjo

Desde o ano passado o governo tem visto a importância do investimento para as empresas. Com isso, afim de alavancar o início dos negócios, categorizou-se o investidor anjo. Esse não se torna sócio da empresa, e sim, apenas investe na mesma. Esse investimento não é integrado ao capital social da empresa. Em suma, o investidor anjo é o que o próprio nome diz, apenas um investidor.

Algumas outas mudanças que o Simples Nacional trouxe em 2018 para: exportações, licitações, bancos públicos e INSS junto ao FGTS.

Importações e Exportações

A partir de 2018 o Simples Nacional traz uma enorme vantagem, tanto pro ramo de importação, quanto pra exportação. Agora quando, por exemplo, uma empresa quiser contratar o serviço de logística de uma empresa internacional terá os trâmites simplificados. Sendo a empresa regulamentada pelo Simples Nacional, os trâmites poderão ser feitos de forma eletrônica e digital. Isso irá impactar diretamente a produtividade, a velocidade de comunicação e uma provável redução dos custos aduaneiros.

O que muda nas licitações para 2018

A partir das mudanças do Simples Nacional para 2018 não será mais preciso apresentar certidões negativas para participar de licitações. Essas certidões só serão necessárias para a empresa vencedora da licitação, e devem ser apresentadas no ato de assinatura do contrato. Caso a empresa vencedora da licitação não esteja com as certidões negativas será dado um prazo de 5 dias. Nesse período a empresa pode elaborar o pagamento total das dívidas, ou o parcelamento. Apresentando por fim a certidão, serja ela negativa ou positiva com efeito de negativas, em caso do parcelamento.

Data única para vencimentos FGTS e INSS

Abre-se a possibilidade da unificação do FGTS e do INSS com uma data única de vencimento/pagamento. Isso já é uma preparação ao e-Social, que será um facilitador na declaração da folha de pagamento das empresas.

Orçamento exclusivo em bancos públicos para ME/EPP

Os bancos comerciais e múltiplos públicos com carteira comercial, a CEF (Caixa Econômica Federal) e o BNDES deverão ter um orçamento exclusivo para linhas de créditos só para ME e EPP. Ou seja, novas linhas de crédito devem surgir junto ao Novo Simples Nacional, inclusive ainda em 2017

Considerações Finais

Caso tenha perdido algum de nossos artigos sobre o Simples Nacional você pode acessar aqui a Parte I, Parte II e Parte III. Além disso, pode acompanhar em nosso Blog os mais diversos artigos sobre o mundo da contabilidade.

Também mantenha-se informado, curtindo e acessando nossa página no Facebook. Realizamos postagens diárias com a finalidade de facilitar o entendimento do universo da contabilidade. A Zip Contabilidade continuará trazendo os artigos mais relevantes para os seus clientes.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whatsapp
Fale conosco